• Partilhar:
O departamento americano de estatísticas laborais – Bureau of Labour Statistics (BLS) – revelou quais as tendências globais de emprego no futuro. A área das tecnologias, da energia e da saúde serão profissões em alta no mercado de trabalho. As previsões da BLS alinham-se com o que as recrutadoras Hays e Manpower Group já vinham a notar. Tanto a nível nacional como internacional, o emprego estará nas áreas da Saúde, energias renováveis e das TIC. “Até 2026, profissionais como técnicos especializados em instalação de sistemas fotovoltaicos ou eólicos registarão um aumento das oportunidades de emprego”. Estas últimas são profissões em alta no mercado de trabalho. Gráfico das profissões em alta no mercado de trabalho Créditos: expresso.pt Só no sector das energias renováveis, as oportunidades de emprego poderão chegar aos 105,3%. O emprego enquanto técnico de instalação de turbinas eólicas podem “registar aumentos na ordem dos 96,1%”. Segundo o BLS, esta é uma tendência a nível global. Apesar de Portugal ver este sector a crescer e com cada vez mais emprego, a falta de técnicos pode tornar-se um problema. E não só pela falta de profissionais, a falta de “qualificações específicas (…) e interesse das camadas mais jovens”. As energias renováveis serão das profissões em alta no mercado de trabalho Segundo a Organização Internacional do Trabalho, as energias renováveis podem criar cerca de 25 milhões de empregos até 2030. Para além do sector energético, as áreas da saúde e das tecnologias também serão das que precisarão de mais colaboradores qualificados.

Sector da saúde é dos que mais tem perspectivas de futuro

Das profissões em alta no mercado de trabalho, todo o sector da saúde tem boas perspectivas de futuro. Os serviços de apoio domiciliário são os que mais se destacam, principalmente em países como Portugal com envelhecimento populacional elevado. Segundo o Instituto Nacional de Estatística, Portugal pode ter 2,8 milhões de idosos em 2080. o sector da saúde é dos mais privilegiados em termos de procura de profissionais qualificados. O sector da saúde é dos mais privilegiados em termos de procura de profissionais qualificados. Profissionais com qualificações em auxiliar de Geriatria e auxiliar de acção médica são, por isso, privilegiados no ramo da saúde.

Fonte: Expresso

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes:

Categorias:

Conteúdos em Destaque:

Siga-nos:

Sobre a Master.D