• Partilhar:
Conheça as as áreas com mais investimento e nas quais deve apostar
Desde 2014 que está em vigor o Plano de Investimento para a Europa. Este plano pretende apoiar o desenvolvimento económico das empresas. O plano, também chamado de Plano Juncker, já está em 14 países e Portugal não ficou de fora. As energias e o digital são duas das áreas com mais investimento até 2020. O Plano Juncker pretende investir cerca de 500 mil milhões de euros nos estados-membros da União Europeia até 2020. Desta forma será possível “apoiar o emprego e estimular o crescimento”. É pretendido que o investimento vá directamente para os cidadãos, para projectos concretos e empresas. Catarina Dantas Machado, conselheira para os assuntos económicos e financeiros da Representação da Comissão Europeia em Portugal, declarou que este plano ambiciona dar aos cidadãos “instrumentos para que possam criar emprego e melhorar as condições económicas dos seus países”. Dados do plano Juncker em Portugal e as áreas com mais investimento   São já 14 os países da EU que, desde Abril deste ano, beneficiam do Plano Juncker. Prevê-se que até 2018 se financiem milhares de projectos com 315 mil milhões de euros. Este número pode subir aos 500 mil milhões até 2020. Para além do investimento, a Comissão Europeia lançou ainda o hashtag #investEU para mostrar exemplos de empresas que utilizaram os fundos de maneira proveitosa.  

O Plano Juncker e as áreas com mais investimento em Portugal

Portugal é dos países onde mais financiou projectos. Já foram investidos 1209 mil milhões de euros em 15 projectos nas áreas das infraestruturas e inovação. As áreas com mais investimento, e que provavelmente vão ter mais emprego, são o digital, a agricultura, as infraestruturas, as energias, a eficiência de recursos e ambiente, e todas as que estão representadas na imagem acima.

Fonte: Observador

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes:

Categorias:

Conteúdos em Destaque:

Siga-nos:

Últimas notícias

Sobre a Master.D