Profissões: O que faz um web designer?

Publicado em 2016-02-15

Dito de forma simples, um web designer faz sites, páginas e conteúdos para a internet. Neste artigo abordamos de forma sucinta algumas das principais funções de um web designer.

Web designer a trabalhar

Existem vários tipos de sites, desde os mais simples, por vezes com apenas uma página web, aos mais complexos, que envolvem funcionalidades como compras online, contas de utilizador, software como serviço (SaaS) ou integração com sistemas de gestão.

Consoante a dimensão de cada projeto, os web designers podem trabalhar em equipas, ou em colaboração, com programadores, web developers, gestores de projeto, profissionais de marketing digital e outros web designers.

1 – Planeamento do projeto

Desenvolver um website requer geralmente planeamento. Numa primeira fase é importante conhecer os objetivos do projeto e dar resposta a questões como:

  • Trata-se de um novo website desenvolvido de raiz ou da reformulação de um site já existente? Se é um site já existente o que é que se pretende melhorar?
  • O que se pretende com o website? Quais são os objetivos do mesmo? Comunicar uma empresa ou marca? Captar potenciais clientes? Vender produtos online? Outros?
  • Quais as características do público que vai utilizar o site? Dirige-se a qualquer tipo de público? As pessoas têm algum tipo de necessidade ou característica especial? São pessoas habituadas a utilizar a internet ou com pouca experiência com o meio online?
  • Qual o prazo para o desenvolvimento? Quando é que o site deverá estar finalizado e pronto a ser lançado online?
  • Quais serão as funcionalidades do website? Será necessário envolver outros perfis de colaboradores no projeto? (como programadores, copywriters, designers multimédia, ou outros)
  • O site necessita de actualizações frequentes? Será necessário utilizar alguma plataforma de gestão de conteúdos? Exemplos: WordPress, Drupal ou outra? Existem muitas soluções no mercado.

2 – Desenvolvimento do site

Numa segunda fase há que considerar o planeamento do desenvolvimento, que pode englobar tarefas como:

  • Desenho dos layouts dos vários tipos de páginas;
  • Edição de imagens;
  • Criação de raiz ou adaptação de ficheiros HTML, CSS. Caso envolva programação e base de dados, soluções como o PHP e MySQL são populares;
  • Se necessário, criar um blogue ou funcionalidades de comércio electrónico. Existem plataformas gratuitas;
  • Ter em consideração a usabilidade do site;
  • Responsive Design (Preparação do site para ser visualizado correctamente em vários tipos de dispositivos que têm resoluções de ecrã distintas: computadores desktop, tablets e telemóveis);
  • Colocar os conteúdos (textos, imagens, vídeos, bases de dados, publicidade, outros);
  • Instalar códigos de tracking para análise estatística, como o Google Analytics;
  • Realizar testes, correcções e ajustamentos, entre outras tarefas.

3 – Acompanhamento

Mesmo após lançado, o trabalho pode não estar terminado. Será necessário fazer o acompanhamento do projeto, corrigir ou melhorar algum elemento que não esteja a ter um comportamento desejado, realizar análises estatísticas, monitorizar o tráfego e se os objetivos estão a ser alcançados.


Estes são apenas alguns dos fatores a considerar na criação de um website. Consoante a complexidade e características de cada projeto as funções de um web designer podem variar.

A profissão de web designer é importante atualmente, quando vivemos na era do “digital” e a tecnologia faz parte do quotidiano de cada vez mais utilizadores.

Se tem interesse pela área do web design e pretende seguir uma carreira abraçando esta profissão, conheça o curso de web design da Master D.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *