Mais de 80 cursos para conseguir os seus objetivos. Informe-se!

Pesquisar

Encontrados resultados para ''

Há oportunidades de trabalho no setor das energias renováveis?

Estudar Energias Renovaveis

Esta é uma das perguntas que muitos jovens profissionais fazem a si próprios. Sobretudo os que se interessam pelo tema da sustentabilidade, acompanham as novidades relacionadas com o sector e estão conscientes dos problemas que as energias renováveis solucionam.

Há boas e más notícias sobre ambos os temas:

  • Em 2020, Portugal deveria ter reciclado 50% do lixo produzido, mas reciclou apenas 38%, pelo que o Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos (PERSU) passou longe de ser cumprido. No entanto, o objetivo é que até 2025 Portugal já esteja a reciclar pelo menos 55% dos resíduos urbanos, segundo as metas comunitárias da União Europeia.
  • Em 2021, segundo a REN – Redes Energéticas Nacionais, as energias renováveis abasteceram 59% do consumo de eletricidade em Portugal. Deste total, 27% da eletricidade tem origem nas hidroelétricas, 26% corresponde à energia eólica, 7% à biomassa e 3,5% à fotovoltaica. A meta é que até 2040 a produção de eletricidade renovável garanta a totalidade do consumo anual de eletricidade em Portugal Continental.

Em suma, temos resultados mais ou menos bons e metas claras que pretendemos atingir de modo a tornar Portugal um país mais sustentável. No entanto, para atingir estas metas, há muito trabalho a fazer.

São necessários profissionais que participem do processo de desenvolvimento e manutenção das tecnologias que irão garantir maior qualidade de vida para a atual e futuras gerações.

Nesse sentido, e respondendo à pergunta que deu início a este artigo, há vantagens em apostar nesta área e oportunidades de trabalho no sector das energias renováveis.

Sabia que, em 2020, este sector empregava quase 51 mil pessoas, segundo a Associação Portuguesa de Energias Renováveis (APREN)? Isto porque houve uma pequena redução do emprego devido ao cenário pandémico. Agora que retomamos o crescimento em pleno, as expectativas são bastante promissoras.

Ainda segundo a APREN, espera-se que até 2030 a área das energias renováveis crie quase 67 mil novos empregos. Mas atenção: isto se considerarmos apenas a geração de energia para suprimento nacional. Se consideramos o cenário exportador, subimos para os 88.023 empregos a serem criados até lá.

Apesar de serem estas apenas previsões, a Master D é da opinião de que os números são bastante positivos e ideais para aqueles que querem seguir carreira nesta área. Revê-se nesta opinião? Então é este o momento de considerar começar uma formação de Energias Renováveis com a Master D.

Com o Curso de Energias Renováveis da Master D, os formandos aprendem sobre os principais sistemas de geração de eletricidade renovável, como os fotovoltaicos, térmicos e eólicos. Por outro lado, com o Curso de Energia Solar, os formandos da Master D aprendem exclusivamente sobre os sistemas solares térmicos e fotovoltaicos.

Além da comodidade de poderem fazer o curso semipresencialmente, recorrendo a sessões práticas em laboratório no centro formativo à sua escolha (Lisboa, Porto, Coimbra ou Faro), os formandos da Master D podem ter ainda acesso às bolsas de estágio e emprego.

Assim poderão conseguir a sua primeira oportunidade profissional para se estrearem neste sector que não para de crescer.

Conheça os melhores cursos para trabalhar em Energias Renováveis e comece ainda hoje a construir um novo futuro profissional com a Master D!

 

 

Esta notícia ainda não tem comentários

Deixe uma resposta

Partilhar esta página: