• Partilhar:
Região Demarcada dos Vinhos Verdes bate record em exportações
O ano em que a Região Demarcada dos Vinhos Verdes faz 109 anos é o mesmo em que este produto vai bater um novo record. 2017 é o ano!

Desde o ano 2000 que a exportação dos Vinhos Verdes não estava tão elevada. 2017, marca, por isso, um ano de mudança para este produto. Segundo o jornal Expresso, “a quota do mercado externo vai igualar o peso de Portugal”. Para acompanhar o aumento das exportações, a produção também teve um aumento significante.

A Região Demarcada dos Vinhos Verdes situa-se entre o Douro e o Minho. A Região Demarcada dos Vinhos Verdes situa-se entre o Douro e o Minho.

A Região dos Vinhos Verdes – também conhecida por Entre-Douro-e-Minho – é a maior região demarcada de Portugal e uma das maiores da Europa. No final deste ano é esperado que se venda tanto no estrangeiro como em Portugal.

Manuel Pinheiro, presidente da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) declarou que “este ano, o mercado externo vai igualar, pela primeira vez, o mercado nacional em vendas e passar a barreira dos 60 milhões de euros”

Desde Janeiro até Julho, a Região Demarcada dos Vinhos Verdes mostrava já um crescimento de 6,7% quanto às exportações. Nestes primeiros sete meses, a região reunia já 42,7 milhões de euros.

 

O que é que mudou na Região Demarcada dos Vinhos Verdes?


Com investimentos de milhões para cativar novos consumidores em mercados como o dos Estados Unidos, Alemanha e Japão, a região conseguiu aumentar a produção e exportações de ano para ano.

Se eram os EUA os que mais permitiam as exportações do Vinho Verde, actualmente a Alemanha é o principal comprador do produto.

curso de gestão agrícola

Há 17 anos atrás, a região vendia 10% da sua produção. No entanto, a promoção externa resultou em exportações a bater os 40% em 2014. Este ano prevê-se que cheguem aos 50% em exportações.

Manuel Pinheiro declarou ainda que se tinha “previsto um aumento de produção de 15%”. Contudo, esta deverá “chegar aos 20%, o que significa que atingiremos os 86 milhões de litros”.

Artigos relacionados

Comentários

07 de Novembro de 2017Francisco Rodrigues
Portugal no seu melhor...
Finalmente começo a ver os nossos produtos a serem melhor considerados no estrangeiro. Temos um enorme potêncial para vender mais e melhor nos mercados internacionais.
Passei muitos anos a trabalhar e viajar pelo Mundo e sempre achei falta de coisas como o "Vinho Verde". Encontrei tantos vinhos que não passavam de média qualidade, mas que eram vendidos cada um no seu mercado próprio.
Finalmente os vinhos portugueses, em especial o "Vinho Verde" com as suas caracteristicas próprias encontraram o seu lugar nos mercados internacionais.
Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes:

Categorias:

Conteúdos em Destaque:

Siga-nos:

Últimas notícias

Sobre a Master.D