Diabetes – Sabe mesmo do que falamos?

Publicado em 2019-11-14

curso-auxiliar-saude-master-d

O que é a Diabetes?

A diabetes é uma doença crónica que acontece quando o pâncreas perde a capacidade total ou parcial de produzir insulina, ou quando o próprio organismo não consegue utilizar a insulina produzida. A insulina é necessária para que a glicose entre nas células e seja utilizada para a atividade celular, caso contrário as células morrem porque não conseguem produzir energia.

Existem vários tipos de diabetes: a diabetes tipo 1 em que o pâncreas não consegue produzir qualquer tipo de insulina porque o sistema imunitário ataca as células que produzem insulina. Neste caso a pessoa precisa de injeções diárias de insulina. Na diabetes tipo 2, a mais comum, o pâncreas consegue produzir insulina, no entanto torna­‑se resistente a ela e a insulina não atua de forma adequada. A pessoa com diabetes tipo 2 consegue controlar os níveis de glicémia através de medicação oral, exercício físico e alimentação saudável.  Existe ainda a diabetes gestacional que ocorre apenas durante a gravidez. Mesmo que a pessoa não tenha tido previamente a doença, existe uma maior probabilidade de posteriormente vir a desenvolver diabetes tipo 2.

 

Os Sinais de Alerta

Por vezes os sinais podem passar despercebidos e levar a que seja diagnosticada tardiamente. No entretanto, e apesar de ser uma doença que não tem cura, se visitar um médico com alguma frequência, poderá ser detetada e controlada a tempo. Vejamos agora alguns dos principais sinais de alerta:

  • Boca seca e sede excessiva
  • Urinar frequentemente e em pequenas quantidades
  • Infeções urinárias recorrentes
  • Fome constante
  • Perda de peso repentina
  • Visão turva
  • Dormência e formigueiro nas mãos e pés
  • Cicatrização mais lenta
  • Cansaço fora do normal

 

Quais os fatores de risco da Diabetes?

É mais fácil do que pode parecer para alguns de nós, prevenir esta doença. Ter atenção e cuidado à alimentação, bem como ter hábitos de exercício físico, podem ser o suficiente para manter bem longe esta doença. mas atenção: uma pessoa magra, poderá ter diabetes porque há outras questões a ter em conta. Nomeadamente os seguintes:

  • Excesso de peso
  • Sedentarismo
  • Má nutrição, principalmente a ingestão excessiva de bebidas açucaradas
  • Hipertensão
  • Tabagismo
  • Idade
  • Etnia
  • História familiar de diabetes
  • Diabetes gestacional

 

Como prevenir?

A prevenção incide sobre os fatores de risco modificáveis. Ou seja, essencialmente para prevenir ou retardar o seu aparecimento a pessoa deverá fazer atividade física regular, alimentar-se e hidratar-se de forma saudável. Reduzir o consumo de sal, açúcar e gorduras é muito importante, bem como manter o peso controlado e não fumar.

 

O Papel de um Auxiliar de Saúde

Lidar com doentes com Diabetes, poderá ser algo que um Auxiliar de Saúde irá deparar-se no exercício das suas funções. Em hospitais, clínicas, unidades de saúde públicas ou privadas ou lares, este profissional poderá ter na sua lista de tarefas o auxílio a quem sofre desta patologia.

Sob orientação de enfermeiros e médicos, o Auxiliar de Saúde é uma peça fundamental para o apoio diários aos doentes, bem como na realização de algumas tarefas administrativas essenciais para o bom funcionamento da unidade de saúde.

Curso de Auxiliar de Saúde

Ciente de que esta é uma profissão estrutural e indispensável nos dias de hoje, a Master D tem disponível o Curso de Auxiliar de Saúde. Com esta formação, de forma geral, conhecerá melhor o papel do Auxiliar de Saúde, anatomia e fisiologia do corpo humano, questões de higiene, segurança e saúde, quais os vários contextos de prestação de cuidados de saúde, bem como gestão e manutenção de materiais e equipamentos médicos.

Não tem experiência na área da saúde? Não tem problema! Aliando este curso à sua vocação e dedicação, ficará totalmente apto para ser um auxiliar de excelência na área da saúde.

Este curso inclui ainda a formação em Suporte Básico de Vida, sendo a Master D uma entidade acreditada pelo INEM. Esta formação será uma mais-valia no seu currículo, sendo um dos requisitos de recrutamento de várias entidades na área da saúde.

 

Conheça agora a Paulina Nascimento que já é Auxiliar de Saúde

Artigo escrito em colaboração com Marcelo Sobral, Enfermeiro e e-Tutor da Master D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *