Mais de 80 cursos para conseguir os seus objetivos. Informe-se!

Pesquisar

Encontrados resultados para ''

Mais 1500 auxiliares de educação nas escolas portuguesas

O governo pretende contratar mais 1500 auxiliares de educação. Segundo o primeiro-ministro, “o investimento na educação é absolutamente essencial”. Tiago Brandão Rodrigues, ministro da educação, revelou as mudanças que iam ser implementadas pelo Governo no arranque deste ano lectivo. Ainda este ano as escolas terão mais auxiliares de educação, mais salas para os alunos da pré-escolar, entre outros. Auxiliares de educação infantil a explicar o globo a alunos da pré-escolas Na quinta-feira passada, dia 6 de Setembro, o ministro da Educação esteve presente na Escola Básica e Secundária do Padrão de Légua, em Matosinhos, para marcar “o arranque deste ano lectivo”. Nessa apresentação, Tiago Brandão Rodrigues anunciou que iriam haver mais 1500 auxiliares de educação, entre outras mudanças. Quanto aos auxiliares, o ministro afirmou que cada sala de aula terá um assistente operacional. Para o próximo ano lectivo (2018/19) serão contratados mais 500 auxiliares.  

“Há séculos que acumulamos um défice no acesso ao conhecimento”

A pré-escola também irá beneficiar do investimento na educação. Estas poderão já contar com um acréscimo de 70 salas a nível nacional já neste ano lectivo. Para além dos alunos da pré-escola, cerca de 380 mil alunos do 1º ciclo terão acesso à oferta dos manuais escolares. Para contrariar a falta de investimento na educação nos últimos anos, o governo português fez também obras em cerca de 500 escolas. Além do mais, foram reduzidas turmas nas escolas que tinham já prioridade na intervenção. Auxiliares de educação infantil com duas crianças Segundo António Costa, “há séculos que acumulamos um défice no acesso ao conhecimento”. O primeiro-ministro ressalvou também o facto de “a aposta no pré-escolar” ser essencial “para o sucesso educativo”. O governo pretende que, até ao final da legislatura, os alunos com três anos tenham “100% de oferta educativa”.

Fonte: TVI24

3 respostas a Mais 1500 auxiliares de educação nas escolas portuguesas

19 de abril del 2018

Tenho interesse também na área da Educação com experiência profissional já de 18 anos nas áreas de Língua Portuguesa e língua Estrangeira Espanhol. Já trabalhei com series iniciais, fundamental e médio, ainda com Ed. de jovens e adultos e atualmente há 4 anos e meio com o Ensino Superior em EAD pela UFSC, Universidade Federal de Santa Catarina como professora tutora presencial de atendimento no polo aos acadêmicos e há dois semestres acumulei a função de Estágio Supervisionado I e II, formandos em 08 de agosto deste ano de 2018.

responder
24 de Abril de 2018

Olá Neliane,

Como lhe dissemos em comentário noutra notícia, esta área de notícias da Master D consiste apenas num serviço informativo. Assim, não estamos envolvidos em qualquer processo de recrutamento fora da Master D

Responder
12 de septiembre del 2017

Será que serão 1500 auxiliares ?pois , é que eu por exemplo vou estar até ao mês de dezembro é estou pelo centro de emprego é depois nem emprego nem subsídio de desemprego e com 47 anos é bastante complicado

responder
Deixe uma resposta

Partilhar esta página: