• Partilhar:
Com as mudanças sociais e económicas constantes, aquilo que os empregadores procuram mudam também. Saiba quais as áreas que vão ser tendências de recrutamento de 2017. Já se vêm notícias que anunciam a baixa da taxa de desemprego. Este mês de Junho, o desemprego está ainda mais baixo do que em 2008, quando rebentou a crise financeira. No entanto, tal como sempre aconteceu, nem todas as áreas estão a empregar desalmadamente. Tudo depende da orientação do mercado, dos avanços tecnológicos e das necessidades reais da sociedade. Quais são, então, as tendências de recrutamento de 2017? Ao mesmo tempo que existe mais sempre em certas áreas, este é acompanhado por uma procura intensa em profissionais especializados e com competências técnicas. As tendências de recrutamento de 2017 não passam apenas pelas áreas que estão a crescer mais e mais, mas também nas qualidades dos candidatos.   Processo de escolha de um candidato

Tecnologias de Informação

Já não é novidade para ninguém que tudo o que envolva tecnologia está a ter agora o seu boom. As empresas precisam de sites que se adaptem aos diferentes dispositivos móveis e defender a sua posição nas pesquisas em motores de busca. É exactamente por isso que procuram profissionais especializados em Optimização de Motores de Busca (SEO), Cloud, Web Design e também programação.  

Turismo

Outra das áreas que teve o seu derradeiro boom e se fartou de bater recordes este ano foi o Turismo. Não há jornal estrangeiro que não aconselhe Portugal como o destino a visitar. O resultado são as ruas cheias de gente e o sector a precisar de mais profissionais. Lisboa e o Porto são das cidades que mais têm recebido turistas. Porém, tanto o Algarve como os Açores têm sido destinos de eleição.  

Agricultura

Pode até parecer que não é uma área muito requisitada, mas a verdade é que com os avanços tecnológicos, a agricultura está a dar passos em frente. Essencialmente precisa-se de profissionais qualificados, com ideias inovadoras e que tenham alguma competência ligada à gestão.  

Indústria

Ainda há pouco tempo se falou no facto de que a indústria precisa de uns quantos milhares de profissionais. E é mesmo verdade. Muitas empresas, principalmente no Norte de Portugal, estão a reestruturar os seus quadros técnicos. Neste sector estão inseridas várias áreas como a metalomecânica, a indústria automóvel, entre outras. Se por um lado, os autómatos já são uma realidade em muitas fábricas, alguém tem de estar lá para os programar e manter.

Fonte: Dinheiro Vivo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes:

Categorias:

Conteúdos em Destaque:

Siga-nos:

Últimas notícias

Sobre a Master.D