Sistema Distribuído e Sistema Operativo de Rede : O que são?

Publicado em 2019-08-26

cursos-informatica-Master-D

 

O que é um Sistema Distribuído e um Sistema Operativo de Rede?

Um sistema distribuído é constituído por um conjunto de computadores diferentes, independentes e usando diferentes sistemas operativos. Estes são ligados entre si numa rede e quando surgem perante os utilizadores parecem ser apenas um sistema único. Exemplos disso são as redes sociais, os motores de busca, etc…

Já um sistema operativo de rede é um conjunto de módulos específicos que potenciam o sistema operativo “stand alone” (local). Aqui podemos falar em SOL e SOR.

 

O que são o SOL e SOR

SOL é o sistema operativo local e SOR o sistema operativo de rede. Ou seja, cada um destes conjuntos de módulos e funções desempenham as suas funções independentemente mas, em conjunto, criam condições para o sistema operativo gerir solicitações de rede.

Existem várias arquiteturas para sistemas operativos de rede, sendo as mais conhecidas as seguintes:

  • peer-to-peer : aqui todas as máquinas são cliente e servidor simultaneamente;
  • cliente/servidor com servidor dedicado: Neste caso o servidor não utiliza serviços locais, apenas fornece serviços de suporte à rede;
  • cliente/servidor com servidor não dedicado: Aqui o servidor utiliza serviços locais e fornece suporte à rede).

Dos modelos apresentados, o mais usado é o Cliente/Servidor com servidor dedicado.

 

Em SOR temos vários módulos:

  • SORC (módulo cliente);
  • SORS (módulo servidor);

O sistema operativo de rede (por exemplo, Windows Server), contém ainda vários softwares que atuam como servidores especificos:

  • de arquivos;
  • de base de dados;
  • web;
  • de impressão;
  • DNS;
  • DHCP, entre outros.

Fernando Belo – Técnico Especialista em Redes Informáticas e internet e e-Tutor das formações na área da Informática na Master D 

 

A importância da formação

Vivemos num mundo cada vez mais tecnológico. Por isso, para os amantes da área da informática e para aqueles que pretendem uma saída profissional com um elevado leque de possibilidades, a Master D tem duas formações disponíveis:

Não precisa de ter qualquer experiência na área. Traga consigo os seus conhecimentos de informática e o seu inglês.  Ambas as formações são compostas por uma componente prática a realizar no Centro Formativo após agendamento com os Preparadores Técnicos. Esta componente prática é composta por cerca de 70 horas onde os formandos poderão aplicar os conhecimentos adquiridos através da plataforma de estudo Master D. Nesta plataforma exclusiva, o Campus Virtual, terá acesso a todos os conteúdos teóricos da formação, documentos de apoio, exercícios, vídeos e ainda links de interesse e atuais da área.

 

Quais as saídas profissionais?

No caso da formação em HelpDesk / Suporte Técnico os formandos poderão desenvolver a sua atividade profissional como:

  • Assistente de informática, de software e hardware.
  • Manutenção de equipamentos informáticos.
  • Comerciais de informática.

Para aqueles que preferem Manutenção e Reparação de Desktops e Portáteis Certificação Microsoft poderão desempenhar funções como:

  • Técnico de manutenção e reparação de computadores
  • Técnico de hardware
  • Técnico de assistência informática
  • Técnico de software
  • Técnico comercial de informática
  • Técnico de serviço pós-venda
  • Técnico de manutenção de equipamentos informáticos
  • Instalador de Servidores
  • Analista de desempenho de servidores
  • Técnico de Helpdesk

Estas formações darão ainda acesso à Certificação Microsoft Windows Server Administration Fundamentals (MTA). Esta Certificação será uma mais-valia para destacar-se dos demais candidatos na altura da procura de emprego.

O mercado de trabalho na área da informática exige alguma diferenciação. Por isso, apostar em formação ou potenciar conhecimentos serão sempre pontos a favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *