Produção de Azeite aumenta 80% em 2017

Publicado em 2018-04-09

Nem só de pão vive o Homem e nem só de vinho se faz Portugal. A produção de azeite também entra para a equação. Em 2017, esta última cresceu 80% em relação ao ano homólogo.

Os dados foram lançado pelo secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, no âmbito de uma reunião com olivicultores na Cooperativa de Valpaços – Vila Real. Relativamente a 2016, a produção de azeite em Portugal aumentou cerca de 80% chegando a atingir as 125 mil toneladas.

O secretário de Estado Luís Medeiros Vieira sublinhou ainda os ganhos com as exportações, que alcançaram os 496 milhões de euros. Desta feita, na última década, a produção de azeite quadruplicou a produção e triplicou as exportações. Luís Medeiros elogiou o “desenvolvimento exemplar da olivicultura”.

E acrescenta que Portugal passou “de uma situação deficitária no sector do azeite para um país exportador”. O excedente relativo às exportações está já nos 150 milhões de euros.

Luís Medeiros disse ainda que “esta dinâmica teve um impacto significativo na valorização da produção olivícola e traduziu-se num aumento real dos rendimentos dos olivicultores, como ocorreu na região de Trás-os-Montes”.

Apanha da azeitona. A produção de azeite aumentou cerca de 80% em Portugal

Ainda relativamente às exportações, estas registaram um aumento do preço médio de 35% por quilo.

Portugal passou “de uma situação deficitária no sector do azeite para um país exportador”

Trás-os-Montes é a segunda maior produtora de azeite em Portugal, sendo que esta tem “diferentes variedades regionais que permitem uma diferenciação da oferta de azeite, de reconhecida qualidade no mercado nacional e internacional.”

Curso de Gestão Agrícola

O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação atribuiu o crescimento do sector ao investimento feito para qualificar e modernizar os lagares. Estes podem agora contar com “alta tecnologia” e ver a área dos olivais expandida. Para além destas, o conhecimento e as novas tecnologias foram também duas das apostas para que a produção de azeite não só aumentasse mas para que visse a sua qualidade melhorada.

Fonte: Dinheiro Vivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *