Curso de Multimédia – Relançámos a formação

Publicado em 2018-06-26

As necessidades das empresas e de quem se lança para os conteúdos multimédia mudaram e, por isso, mudámos também o nosso Curso de Multimédia.

Conceito de cubos relacionado com conteúdos multimédia

Empresas, organizações, associações e tantas outras entidades. Todas querem um lugar ao sol no mundo digital. O panorama empresarial está a mudar e virar-se para o digital como se esse fosse uma tábua de salvação. Se, há uns anos atrás, o digital serviria para complementar a publicidade offline, agora acontece o inverso.

Com cada vez mais empresas presentes, o digital tornou-se, também esse, um meio mais competitivo. E com mais empresas a marcar presença online, difícil é sobressair no meio de tanto ruído de marca. Para se fazerem notar, estas entidades apostam em conteúdos multimédia diferenciadores, tendo por base, normalmente, a imagem e o vídeo.

São estes mesmos conteúdos que contribuem para aumentar a pegada digital das entidades e, por isso, as tornam mais relevantes no meio digital. Contar uma boa história aos consumidores traduz-se em likes, comentários e partilhas nas redes sociais, assim como em pageviews quando se trata de sites.

mulher a usar um smartphone e a receber likes, comentários e pedidos de amizade

Actualmente, já não basta existir no digital, há que ser activo no digital. E mais que isso: há que ser interessante no digital. É crucial acompanhar o modo de pensar dos consumidores e fazê-los querer acompanhar a marca.

Assim como os conteúdos se tornaram da máxima importância para as entidades – sejam de que nicho forem -, também os profissionais da área são cada vez mais requisitados. E para melhor concorrerem a vagas de emprego nesta área, um curso de multimédia pode ser a solução.

 

Curso de Multimédia – Porquê?

A competitividade não está apenas inerente às empresas e ao facto de essas quererem sobressair no digital. À medida que estas se empenham para ter conteúdo mais interessante e aprazível e cresce a procura de técnicos de multimédia, estes tornam-se também mais competitivos. Quantas mais competências nos diferentes estilos de conteúdo – ou quanto mais especialista num certo estilo de conteúdo – melhor.

Para adquirir estas competências existem muitas formas, é certo. Contudo, uma formação permite um melhor e maior acompanhamento das necessidades de quem se quer dedicar profissionalmente a esta área.

Os técnicos de multimédia estão em aprendizagem constante, pelo aperfeiçoar de ferramentas de edição de vídeo e imagem

Os técnicos de multimédia estão em aprendizagem constante, pelo aperfeiçoar de ferramentas de edição de vídeo e imagem

Para além deste acompanhamento, os próprios empregadores vêem com maior clareza quais as competências de um dado técnico. Na hora de escolher entre empregar um outro profissional da área, aqueles que são qualificados estão, certamente, na linha da frente.

Ser-se qualificado é sempre uma mais-valia tanto a nível profissional como a nível de realização pessoal. Neste caso específico, e por se tratar de especificidades técnicas, um curso de multimédia pode fazer toda a diferença na hora de integrar uma empresa.

 

Desenvolvimento de Projectos Multimédia – o relançamento da nossa formação

O panorama empresarial está a mudar, já se sabe. Os olhares estão agora virados para o meio digital, também já se sabe. Num meio cheio de ruído, quem tem os melhores criativos e técnicos multimédia é rei, nós sabemos disso. E por isso – e sabendo também que o conteúdo é igualmente rei – reformulámos e relançámos o nosso curso de Desenvolvimento de Projectos Multimédia.

Com a reformulação do nosso Curso de Multimédia Master D, pretendemos que os nossos formandos aprendam a manipular ferramentas profissionais de produção de conteúdos e desenvolvimento de projectos.

O curso de multimédia Master d tem como objectivos dotar os formandos de competências técnicas relativas a ferramentas de edição e desenvolvimento de projectos

O curso de multimédia Master d tem como objectivos dotar os formandos de competências técnicas relativas a ferramentas de edição e desenvolvimento de projectos

O que mudou?

Nesta levada de alterações, reformulámos e acrescentámos módulos de forma a estarem mais próximos do que é pedido pelo mercado de trabalho nesta área.

  • Actualizámos unidades didáticas e os programas da Adobe;
  • Introduzimos o Adobe Animate;
  • Criámos novas unidades didáticas relativas aos media tradicionais e novos media e ainda a After Effects;
  • Actualizámos as sessões práticas e criámos novas relativas a After Effects e Behance.

 

Leia a entrevista com parte da equipa docente da Master D, no jornal Observador.

 

2 comentários a “Curso de Multimédia – Relançámos a formação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *