• Partilhar:
O relatório sobre a utilização de energias renováveis na Europa indica que as energias renováveis em Portugal têm tido um bom desempenho. Portugal foi o 7º país com a maior quota da União Europeia (UE) em 2016. Este relatório, elaborado pela Agência Europeia do Ambiente (AEA), visa divulgar o progresso feito no sector das renováveis na EU e de cada Estado-membro em particular. A utilização de energias renováveis em Portugal pôs o país em 7º quanto ao seu consumo energético. As energias renováveis em Portugal puseram o país em 7º lugar quanto à quota de utilização das mesmas Fonte: Relatório de 2017 sobre a utilização de energias renováveis na Europa A liderar a lista está a Suécia, seguindo-se a Finlândia, Letónia, Áustria e Dinamarca. Estes têm uma quota de utilização de energias renováveis acima dos 30%. Abaixo deste marco está a Croácia, Portugal e Estónia, por esta ordem. No fim da tabela estão o Reino Unido, Malta, Holanda e, em último lugar, o Luxemburgo. Estes últimos têm “quotas abaixo dos 9%”. No relatório lê-se que “ a maioria dos Estados continuam em linha com os respectivos objectivos , embora o ritmo de progresso europeu tenha abrandado nos últimos dois anos”. É acrescentado ainda no documento que “a UE continua no caminho certo para atingir a meta dos 20% de utilização de fontes de energia renováveis em 2020”. Tendo em conta o consumo global de energias renováveis na UE, este aumentou de 16,7 em 2015 para 16,9 em 2016. Duas pessoas caminham num parque éolico As renováveis foram, portanto, “responsáveis por 86% do total da nova capacidade de geração de energia instalada em 2016”. Assim, a EU foi já considerada “líder global em termos de capacidade energética renovável per capita”. Na EU conseguiu-se já diminuir um décimo do consumo de combustíveis fósseis e, por conseguinte, da emissão de gases de efeito de estufa. Quanto aos sectores que mais se valeram das renováveis estão o sector do aquecimento/ refrigeração e geração de electricidade. Quanto ao emprego criado pelas energias renováveis, a UE tem a 4ª maior quota do mundo. As indústrias da biomassa e energia solar e eólica destacam-se neste sector por terem os maiores empregadores. Curso de Energias Renováveis

A utilização de Energias Renováveis em Portugal

O relatório da Agência Europeia do Ambiente menciona Portugal como um dos quatro países nos quais a geração de electricidade foi dos sectores que mais beneficiou da utilização de renováveis. As energias renováveis em Portugal têm tido um impacto positivo a nível ambiental. O país foi apontado como um dos nove nos quais se registou “reduções significativas das emissões de gases com efeito de estufa”.

Fonte: Expresso

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes:

Categorias:

Conteúdos em Destaque:

Siga-nos:

Sobre a Master.D